segunda-feira, 8 de agosto de 2011



                                GARRINCHA                   TOM CLEBER


TALENTOS
MARANHENSES


O que é ser um “talento”

“Talentos não são gênios. São apenas pessoas comuns, dotadas das mesmas ferramentas mentais, porém com algo mais, que é quase intocável’’.

O notável filósofo grego, Aristóteles (384 – 322 a.C.) dizia que "O corpo atinge a perfeição aos 35 anos, a alma, aos 50." O super-show dos cantores Josivan e Garrincha (de Pedreiras - Ma) e Tom Cleber (de São João dos Patos – MA), atingiu a quase perfeição e tocou no íntimo de cada um que lá estava presente. Josivan (o notável) em falsetes divagou pela MPB dedilhando sua melodia sem ponto final, um sonho de liberdade. Garrincha (inspirado) o fez numa polivalência musical artística digna dos meus e seus encômios, transmitindo paz com aquela voz de guerra, simplesmente inesquecível. Tom Cleber (apaixonado) viajou no cantinho dos sonhos e das ilusões dos românticos, como se dissesse: quero vencer a noite ao teu ouvido, simplesmente marcante e profundo.
Esses três artistas que interpretam a poesia no palco, vieram para encantar a todos, com vozes únicas, sublimes e tonitruantes. Lá de cima, feliz, João do Vale o nosso mestre maior “Maranhense do Século”, seguramente estará dizendo: “Esses cabras é do bom, e vêi pra ficá”.
 O nome que se dá a habilidades artísticas chama-se: talento. No caso do cantor Josivan, Garrincha e Tom Cleber podemos dizer que o talento de cada um é inato, ou seja, nasceu com ele, como dizia o filósofo e poeta suíço Henri-Frederic Amiel (1821-1881) “fazer facilmente o que os outros acham difícil é talento”.
Pessoas talentosas geralmente comportam-se de maneira especial; falam seu próprio dialeto, vestem-se de maneira psicodélica, sonham seus sonhos de Ícaro, algumas vezes até possuem um código secreto que faz com que se comuniquem de alguma forma através da telepatia, a fim de dominar o mundo, e, em especial, conquistar suas paixões secretas.
 Acalme-se, caro leitor. Não há nenhum plano secreto em andamento; os talentosos estão apenas fazendo o seu trabalho, que nada mais é que aprimorar suas habilidades artísticas, para que continuem sendo uma espécie de mistério. Mas, no meio de toda essa retórica, há uma boa notícia: você também, seguramente, tem seus próprios talentos, mesmo que ainda não o tenha desenvolvido em plenitude. O importante é correr atrás dos seus sonhos, dos seus objetivos. Acredite em você!
Creio que guardado no íntimo de nosso corpo e alma, cada um de nós exprime uma veia artística na qual predispõe suas habilidades, seja ela adquirida ou aptidão natural. É verdade que nem todos conseguem desabrochar essa luz interior, que chamamos de talento artístico. Alguns por timidez, outros por falta de oportunidade, enfim, os motivos são inúmeros, e aqui seria irrelevante citá-los. Devemos então aplaudir de pé àqueles que conseguem expressá-lo com maestria, como esses artistas impares chamado JOSIVAN, GARRINCHA e TOM CLEBER. O show terminou e o meu coração ficou sozinho no palco. OBRIGADO
Paul Getty S Nascimento
APL - Academia Pedreirense de Letras.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...